Mãe

De patins,de bicicleta,                                                                                

de carro, moto, avião                                             

nas asas da borboleta

e nos olhos do gavião

de barco, de velocípedes                                                            

a cavalo num trovão

nas cores do arco-íris                                                  

 no rugido de um leão

na graça de um golfinho

e no germinar do grão

teu nome eu trago, mãe,

na palma da minha mão.

Sérgio Caparelli