Gêneros textuais provas de português textos

ATIVIDADE DIAGNÓSTICA PARA OS ANOS INICAIS DO FUNDAMENTAL MAIOR

Drosera roseana in cultivation

Leia os textos com atenção e responda às questões.

TEXTO I

Esperança

Muitos são os que carregam

água na peneira,

como disse o poeta Manoel de Barros,

e esperança como estrela

na lapela.

Muitos são os que acreditam

em coisas simples e limpas,

em coisas essenciais,

amor, amizade, delicadeza,

paz,

e tantas outras palavras,

antigas e urgentes.

Roseana Murray

01- No texto a autora fala de palavras e coisas essenciais para um mundo melhor. Escreva dez coisas necessárias e urgentes para a construção de um mundo melhor.

  1. ________________________________________________________________
  2. ________________________________________________________________
  3. ________________________________________________________________
  4. ________________________________________________________________
  5. ________________________________________________________________
  6. ________________________________________________________________
  7. ________________________________________________________________
  8. ________________________________________________________________
  9. ________________________________________________________________

02- “como disse o poeta Manoel de Barros” Justifique o uso da letra maiúscula no verso destacado.

____________________________________________________________

____________________________________________________________

TEXTO II

Moinho

São as águas
da delicadeza
que movem o mundo.

Uma palavra amorosa
um gesto,
uma carícia,
fazem a Terra
mais azul
e mais leve,
trazem à pele
a memória mais antiga:

Também somos um grão
de estrela e de infinito.

Roseana Murray

 

01- De que fala o texto? Comente sua resposta por meio de um parágrafo.

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

02- De acordo com o poema, o que move o mundo é (são)

a)      uma palavra amorosa.

b)      as águas da delicadeza.

c)      um grão de estrela.

d)     Uma carícia

 

03- Segundo o poema, uma carícia traz à pele a memória mais antiga. Que memória seria essa?

_________________________________________________________

_________________________________________________________

TEXTO III

Tempo

Somos como barcas

deslizando pelo tempo,

e nesse tempo

há de tecer a trama

da vida

com fios de amor e sonho,

para que a viagem seja leve,

para que a viagem seja bela.

Roseana Murray

 

Releia o trecho

 

‘há de tecer a trama

da vida

com fios de amor e sonho”

 

01- No trecho acima, o vocábulo tecer pode ser substituído, sem alterar o sentido do texto, por

a) compor.

b)destramar.

c) descompor.

d)desorganizar.

02- Segundo o poema, devemos construir a vida com “com fios de amor e sonho”. Que fios serão esses?

____________________________________________________________________

____________________________________________________________________

03 – Com que objetivo devemos compor a vida “com fios de amor e sonho”?

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

 

04- Todos esses poemas de Roseana Murray estão num livro chamado “Manual da delicadeza”. Considerando os poemas lidos, que outro nome (título) você daria ao livro?

_____________________________________________________________________

 

 É fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer.

Aristóteles

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Enhanced by Zemanta

Sobre o autor

Carmem Sueli

Meu nome é Carmem Sueli, sou professora de Língua Portuguesa do ensino fundamental maior com formação em Licenciatura Plena em Letras -Português na Universidade Federal do Piauí e Especialista em Cultura Afrodescendente e Educação Brasileira pela mesma universidade. Aqui você pode tirar suas dúvidas e aumentar as minhas, pode também perguntar, responder... o único problema que vamos enfrentar é minha incipiência com esse instrumento de trabalho, mas vamos lá!