Gêneros textuais Poesia provas de português textos

Avaliação diagnóstica para o 6ºano/7ºano /8ºano

Escola
Aluno:_______________________ Ano_____ Sala____ Turno______
Professora: Carmem Sueli

I – Leia o poema abaixo para responder as questões

O menino que carregava água na peneira

Tenho um livro sobre águas e meninos.
Gostei mais de um menino que carregava água na peneira.
A mãe disse que carregar água na peneira era o mesmo que roubar um vento
e sair correndo com ele para mostrar aos irmãos.
A mãe disse que era o mesmo que catar espinhos na água
O mesmo que criar peixes no bolso.
O menino era ligado em despropósitos.
Quis montar os alicerces de uma casa sobre orvalhos.
A mãe reparou que o menino gostava mais do vazio do que do cheio.
Falava que os vazios são maiores e até infinitos.
Com o tempo aquele menino que era cismado e esquisito
porque gostava de carregar água na peneira
Com o tempo descobriu que escrever seria o mesmo
que carregar água na peneira.
No escrever o menino viu que era capaz de ser
noviça, monge ou mendigo ao mesmo tempo.
O menino aprendeu a usar as palavras.
Viu que podia fazer peraltagens com as palavras.
E começou a fazer peraltagens.
Foi capaz de interromper o voo de um pássaro botando ponto final na frase.
Foi capaz de modificar a tarde botando uma chuva nela.
O menino fazia prodígios.
Até fez uma pedra dar flor!
A mãe reparava o menino com ternura.
A mãe falou: Meu filho você vai ser poeta.
Você vai carregar água na peneira a vida toda.
Você vai encher os vazios com as suas peraltagens
e algumas pessoas vão te amar por seus despropósitos

Manoel de Barros. Poesia completa. São Paulo: Leya Brasil, 2010.

1. Releia: “Com o tempo aquele menino/que era cismado e esquisito…”. As palavras destacadas que atribuíam características ao menino pertencem à classe dos(das)

A)substantivos.
B)adjetivos.
C)verbos.
D)interjeições.

2. As pessoas atribuíam essas características ao menino por que

A)o menino gostava de despropósitos.
B)o menino era desconfiado.
C)o menino era estranho.
D)o menino não sabia ler.

3. Releia: “Você vai encher os vazios com as suas peraltagens,…” A palavra que substitui a palavra destacada sem mudar o sentido do texto é

A)brincadeiras.
B)fantasias.
C)imaginações.
D)lembranças.

4. Que ação permitiu ao menino realizar seus despropósitos?
___________________________________________________________

5. Assim como nas narrativas existe um narrador, nos poemas também existe um ser que fala. Essa voz dentro do poema se chama___________________.

6. Quando se diz que o menino “carregava água na peneira”, pode-se afirmar que a expressão foi usada no

A. sentido real ou denotativo.
B. sentido figurado ou conotativo.

7. Releia:” A mãe disse que carregar água na peneira/era o mesmo que roubar um vento e /sair correndo com ele para mostrar aos irmãos.” A expressão que permite a comparação entre carregar água na peneira e roubar um vento é

A) o mesmo que.
B)sair correndo.
C)roubar um vento.
D)mostrar aos irmãos.

8. Releia:

“Com o tempo descobriu que
escrever seria o mesmo
que carregar água na peneira.
No escrever o menino viu
que era capaz de ser noviça,
monge ou mendigo ao mesmo tempo.”

As palavras destacadas indicam que as ações do menino se localizam no tempo

A)presente.
B)passado.
C)futuro.

9. Observe:

“O menino fazia prodígios.
Até fez uma pedra dar flor!
A mãe reparava o menino com ternura.”

A pontuação é um recurso utilizado na escrita para expressar sensações e sentimentos presente na nossa fala. O uso do ponto de exclamação revela

A)dúvida quanto ao futuro do menino.
B)admiração pela proeza do menino.
C)surpresa.
D)advertência.

10. Releia: “ A mãe falou: Meu filho você vai ser poeta.” O uso dos dois pontos indica:

A)a apresentação de uma dúvida.
B)a apresentação da fala mãe do menino.
C)a introdução de uma explicação.
D)a apresentação de uma certeza.

11. De acordo com a leitura do poema , explique o que possibilitou a comparação feita pela mãe do menino entre o gosto do filho em carregar água na peneira e o ofício de  poeta.
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
______________________________________________________________

 

“Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior. É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz!”
Mário Quintana

 

GABARITO

1- B

2- A

3- A

4 – O ATO DE ESCREVER

5- EU LÍRICO

6- B

7- A

8- B

9- B

10- B

11- PESSOAL(A RESPOSTA TEM COMO ELEMENTO COMPARATIVO A IMAGINAÇÃO)

 

Comentários!

  • Achei ótimo o texto e as atividades, pena não ter as respostas. Se possível envie.