Blog – Ferramenta de aprendizagem

Comecei meu blog em agosto de 2011 sem muitas pretensões, ou melhor, sem pretensão nenhuma.  Era uma atividade do curso de aperfeiçoamento oferecido pela Prefeitura Municipal de Teresina para seus professores. Blog era um dos gêneros textuais estudados naquele mês. Tive dias com muitas visitas. Depois por algum motivo que desconheço, pois não entendo nada de Google, a não ser que ele é maravilhoso para se pesquisar alguma coisa meu blog caiu no ranking, algumas coisas parece que deixaram de ser indexadas e algumas páginas foram apagadas por engano. Mas aos poucos vou retomando.

Nove meses depois, tempo de uma paridura, já tenho quase 900 visitantes  e  isso para mim é motivo de muita alegria. Algumas pessoas me falam de ganhar dinheiro com o blog, mas como não sei fazer isso, vou seguindo. Porque no fundo tudo que interessa é que eu li muitas coisas e aprendi outras tantas.

Também é verdade que tive e ainda tenho que recorrer a minha irmã para “tentar” entender alguns recursos. Inclusive foi ela que me disse onde pesquisar minhas visitas, pois nem isso eu sabia.

Aproveitando que agora eu tinha um blog fiz também uma página no facebook e confesso tenho me divertido muito, embora nem sempre saiba utilizar ou perceber seus recursos.  Entrei em contato com pessoas que há tempos eu nem sequer ouvia falar. Matei saudades, ainda que virtualmente, e estou muito feliz por isso.

Às vezes encontro alguns comentários sobre meu blog. Sites de análise de blog, tem de tudo nesse mundo das tecnologias de informação. Porém, como tudo é em inglês e eu nada sei de inglês coloco no tradutor Google, mas mesmo assim fico em dúvida e volto a importunar minha irmã que, diga-se de passagem, foi quem fez o blog para mim e tem me ensinado a postar, inclusive a colocar imagens o que eu adoro. Tudo fica mais bonito com imagens. Até a vida de verdade precisa delas. Somos ,definitivamente,  seres  imagísticos.

 

Enhanced by Zemanta