CIRANDA DESAFINADA

Marreco

Diz o peixe, na lagoa:

_ Vida boa é a do marreco,

Que nada, mergulha e voa.

Diz o marreco, sorrindo:

_ Melhor vive a corujinha,

Que passa os dias dormindo.

A coruja espicha a asa:

_ Feliz é a tartaruga,

que aonde vai leva  a casa.

E a tartaruga calada,

morre de inveja do peixe,

que nada faz, nada, nada…

Cineas Santos & Antônio Amaral (Poetas  do Piauí)

Enhanced by Zemanta