Gramática

Colocação pronominal das formas átonas

Sintaxe de colocação: colocação dos pronomes oblíquos átonos

Ordem normal da frase/oração: sujeito+verbo+complemento+circunstância

Os pronomes Pessoais, de acordo com sua função na oração, apresentam variação de forma.

A] Pronome pessoal reto – desempenha a função de sujeito da oração.

B] Pronome pessoal oblíquo – desempenha a função de complemento.

Quadro dos pronomes pessoais

Pronome reto Pronome oblíquo
Singular eu me, mim, comigo
tu te, ti, contigo
ele/ela se, si, consigo, o, a, lhe
Plural

 

nós nos, conosco
vós vos, convosco
Eles/elas Se, si, consigo, os, as, lhes

Quanto à colocação dos pronomes oblíquos átonos (em destaque no quadro) há três possibilidades:

1. Próclise: antes do verbo (apenas em alguns casos).

2. Ênclise: depois do verbo (colocação normal).

3. Mesóclise: no meio do verbo (pouco usada, restrita a linguagem escrita).

1. Próclise

  • Verbo precedido de partícula negativa;
  • sujeito anteposto ao verbo (quando este for um pronome indefinido);
  • verbo antecedido de advérbio;
  • verbo no gerúndio precedido da preposição em;
  • orações optativas, exclamativas e interrogativas;
  • orações subordinadas;
  • orações coordenadas sindéticas alternativas;
  • orações coordenadas aditivas (não… nem, não só…, mas também…).

2. Ênclise

  • Frase iniciada com verbo (desde que o verbo não esteja no futuro do presente nem no futuro do pretérito do modo indicativo);
  • Verbo no imperativo afirmativo;
  • Verbo no gerúndio não precedido da preposição em;
  • Verbo no infinitivo pessoal.

3. Mesóclise

  • Formas verbais no futuro do presente e no futuro do pretérito do Modo Indicativo.

DICA: Se você acha difícil aprender todas as regras, aprenda os casos de ênclise e mesóclise e todos os outros serão casos de próclise.