Como $urgiu o dinheiro?

Modern faith

Tudo começou quando o ser humano resolveu trocar os produtos excedentes por outros de que necessitava. Era o escambo, que consistia na troca direta de mercadorias, como bois, sal, grãos, entre outras.

Com o tempo, algumas mercadorias que eram úteis para todos começaram a ser usadas como forma de pagamento.

Quando se descobriu o metal — que não era perecível e podia ser acumulado — passou-se a utilizá-lo como moeda. Mais tarde, no século VII a.C, surgiram as primeiras moedas com características semelhantes às atuais: pequenas peças, de forma e peso definidos e com marca indicativa de valor.

Na idade Média, surge um novo costume: devido às guerras e aos saques, muito comuns na época, várias pessoas passaram a guardar seus valores com um ourives, indivíduo que negociava objetos de ouro e prata. Este, como garantia, entregava a seus clientes recibos escritos das quantias guardadas por ele. Esses recibos, com o passar do tempo, começaram a ser utilizados pelas pessoas para efetuar pagamentos, por serem mais seguros de portar do que dinheiro vivo, dando origem à moeda de papel que usamos hoje.
Fonte de pesquisa: Juliana Lopes e Erika Sallum. 101 idéias que mudaram a humanidade. São Paulo, Abril. 2006.

Enhanced by Zemanta