Breaking News
Home / Poesia / Cotidiano

Cotidiano

Flor de mayo
Image via Wikipedia

Um passarinho canta apressado

Um criança chora

Cheira o café

Dorme o gato no sofá

Livros, pastas, bolsas

Correm todos

À escola, ao trabalho

Nasceu uma flor

Púrpura de saudade

Ninguém viu.

Carmem Sueli

 

Enhanced by Zemanta

Bom ler também!

ULTIMATUM

Mandato de despejo aos mandarins do mundo Fora tu, reles esnobe plebeu E fora tu, …