O GATO E A RAPOSA

            O gato e a raposa iam por um caminho, conversando. Contaram muita lorota, muita prosa e, afinal de contas, falaram no cachorro, que era inimigo de ambos. Aí, disse a raposa:

            – Qual o quê! Eu lá tenho medo de cachorro nada! Para me livrar dele, eu tenho mil expedientes.

            – Pois eu só tenho um, disse o gato.

            Nisso aparece ao longo o cachorro, que vinha danada, farejando a raposa. O gato pulou num pé de árvore e ficou lá em cima bem de seu, dizendo á raposa:

            – O meu é este.

            A raposa, coitada, meteu o pé no mundo. Virou, mexeu, foi, veio, entrou no buraco, saiu do buraco, escondeu-se aqui, escondeu-se ali, fez mil remondiolas, até que, já morta de cansaço, o cachorro pulou-lhe no cachaço e estraçalhou-a.

www.universodasfabulas.hpg.ig.com.br