Poesia

O tempo

ANUNCIO

Se o tempo, sem tréguas, passou

E continua a passar

Dentro do meu peito

Mora o mesmo amor

Que um dia,

Entre risos e brincadeiras

Nasceu para eternizar

Sua existência na minha.

Carmem Sueli