Poesia

RITMO

globo terrestre girando - fundo preto

Na porta

a varredeira varre o cisco

varre o cisco

varre o cisco

 

Na pia

a menininha escova os dentes

escova os dentes

escova os dentes

 

No arroio

a lavadeira bate roupa

bate roupa

bate roupa

 

até que enfim

                         se desenrola

                                                           toda a corda

e o mundo gira imóvel como um pião!

Mário Quintana (Anotações poéticas)

Enhanced by Zemanta