Breaking News
Home / Poesia / Saudades II

Saudades II

Flor de maracujá

Hoje todas as palavras são vãs

nenhuma consegue alcançar

minha dor.

 

Hoje nem mesmo o sol

consegue clarear

meu dia interno.

 

Hoje levo flores

ao enterro do meu amor

e planto maracujá em toda parte.

Carmem Sueli

 

Enhanced by Zemanta

Bom ler também!

ULTIMATUM

Mandato de despejo aos mandarins do mundo Fora tu, reles esnobe plebeu E fora tu, …