Breaking News
Home / linguístico / Soneto de Separação

Soneto de Separação

English: Morte Point viewpoint Lovely views fr...

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama

De repente não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente

Fez-se do amigo próximo, distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente

Vinicius de Morais

Enhanced by Zemanta

Bom ler também!

Meu doce amor

Meu amor, meu doce amor embalado em sonhos e brincadeiras em risos e abraços em …