Curiosidades

Surgimento do dia da Mentira

ANUNCIO
. Pinocchio

. Pinocchio (Photo credit: Juliana Coutinho)

Segundo a história, o 1º de abril surgiu quando o rei da França Carlos IX implantou o calendário gregoriano, instituindo o 1° de janeiro para ser o início do ano, que antes era comemorado durante uma semana, começando em 25 de março e terminando no dia 1° de abril.

Naquele tempo, sem os recursos tecnológicos de hoje, a notícia demorou a se espalhar. Portanto, algumas pessoas continuaram a comemorar como antes. Quando finalmente a notícia chegou, algumas personalidades tradicionais da época não gostaram e continuaram a comemorar o inicio do ano no dia 25 de março. Aqueles que concordavam com a instituição do dia 1° de janeiro para o início do ano passaram a fazer brincadeiras e gozações com aquelas pessoas que insistiam em não mudar. Mandavam convites de festas que não existiam e se divertiam em vê-los arrumados, mandavam presentes engraçados, ou estranhos. Essas brincadeiras terminaram por propiciar o surgimento do dia da mentira.

Aqui no Brasil, o primeiro estado a adotar o 1° de abril foi Pernambuco em 1848. A mentira desagradável daquele dia foi sobre a morte de D. Pedro que foi desmentida no dia seguinte.

O dia da Mentira é conhecido na França como “Poisson d’avril e na Itália como “pesce d’aprile”. Aqui  o dia da Mentira, uma especialidade de muita gente, é comemorado principalmente entre as crianças que se divertem em ver os coleguinhas menos ligados pagarem micos. Então não fique aí feito abestado, conte sua mentira. Hoje pode! Deixe uma especial para mim.

Carmem Sueli

Enhanced by Zemanta