Vida de Mulher!

Auguste François Biard - Retrato de mulher

Image via Wikipedia

Mulher que semeia o fruto
Cultiva-o até nascer
Na formosura carrega a paciência
Mas explode sem ser bomba

Leva os dias com o tempo
Constrói seu castelo
Sonha com o impossível
Tem um enorme coração

Sofre como qualquer criatura
Canta sem voz para não ser ouvida
Escuta a si com a certeza
Imagina um mundo melhor

Erra quando não acerta
Corrige na sua consciência
Corre para não ser atropelada
A verdade é seu escudo

São multidões no universo
Tipos bem diferentes
Belas também sensuais
Podem conquistar uma plateia

Mulheres de ontem, de hoje, do amanhã
Lembradas de qualquer forma
Conduz sua própria sorte
Brilha também em passarelas

Todas merecem respeito
Gera no ventre um ser
Ainda amamenta no peito
Só uma mulher é mãe
Parabéns a nós pelo poder.

Maria de Fátima Lúcia Santana

Enhanced by Zemanta